SEQUÊNCIA DIDÁTICA: UMA PROPOSTA PARA O ENSINO DE GRAMÁTICA E DE VARIAÇÕES LINGUÍSTICAS A PARTIR DO GÊNERO PARÓDIA

  • Lenir Maria de Farias Rodrigues PROFLETRAS – UNEMAT/Sinop
  • Karina Egias do Nascimento PROFLETRAS – UNEMAT/Sinop

Resumo

O estudo de gramática nas aulas de Língua Portuguesa é ainda considerado penoso para muitos alunos. Um ensino baseado na memorização de nomenclaturas, regras e exceções, completamente dissociado de situações reais da língua em uso, contribui para essa sensação do alunado. Para os discentes que apresentam uma variedade linguística muito distante da norma privilegiada, ensinada na escola, esse ensino torna-se ainda mais excruciante. O que é possível, então, fazer para tornar essa aprendizagem menos árdua e mais significativa para os alunos? Como trabalhar questões gramaticais que contemplem as variações linguísticas em contextos concretos de interação? Como atrelar tais variações às finalidades discursivas imbuídas nos textos? A partir dessas indagações, o presente artigo, fruto de estudos desenvolvidos na disciplina Gramática, Variação e Ensino, do Mestrado Profissional em Letras- PROFLETRAS (UNEMAT/ Campus Sinop), tem como objetivo apresentar uma Sequência Didática (SD), conforme os preceitos de Dolz, Noverraz e Schneuwly (2004), desenvolvida no 9°ano A da Escola Estadual Cleufa Hübner (Sinop-MT), na qual foi trabalhado o gênero textual paródia. Tal gênero serviu de respaldo para fomentar reflexões sobre aspectos variacionais morfossintáticos e discursivos dos pronomes pessoais do caso reto. Para tanto, esta interlocução respaldou-se nos postulados sociolinguísticos de Bortoni-Ricardo (2005; 2008), Bagno (2007; 2013); entre outros que defendem uma Pedagogia da variação linguística.


ABSTRACT: The study of grammar in Portuguese language classes is still considered to be difficult for many students. An education based on the memorization of nomenclatures, rules and exceptions, completely dissociated from real situations of the language in use, contributes to this feeling of the pupil. For students who have a linguistic variety far removed from the privileged norm taught in school, this teaching becomes even more excruciating. What, then, can be done to make this learning less arduous and more meaningful for students? How to work grammar questions that contemplate the linguistic variations in concrete contexts of interaction? How to link such variations to the discursive purposes imbued in the texts? From these questions, this article, as a result of studies developed in the discipline Grammar, Variation and Teaching, of the Professional Master in Literature - PROFLETRAS (UNEMAT / Campus Sinop), aims to present a Didactic Sequence (SD), according to the precepts of Dolz, Noverraz and Schneuwly (2004), developed in the 9th year A of the Cleufa Hübner State School (Sinop-MT), in which the textual genre was parody. This genre served as support to foster reflections on the morphosyntactic and discursive variational aspects of the personal pronouns of the case. To that end, this dialogue was supported by the sociolinguistic postulates of Bortoni-Ricardo (2005; 2008), Bagno (2007; 2013); among others that defend a Pedagogy of the linguistic variation.

Biografia do Autor

##submission.authorWithAffiliation##

Professora de Língua Portuguesa da rede estadual de ensino de Mato Grosso. Licenciada em Letras pela Universidade Federal de Mato Grosso (1997), graduada em Enfermagem pela UniversitáDegli Studi di Padova (UNIPD/ Itália, 2006), especialista em Docência no Ensino Superior (FACISA/ Faculdades Cathedral) e Enfermagem do Trabalho (UCDB), mestranda do Mestrado Profissional em Letras- PROFLETRAS.

##submission.authorWithAffiliation##

Graduada em Licenciatura Plena em Letras – Língua Portuguesa, Inglesa e Respectivas Literaturas – pela Universidade Estadual de Mato Grosso – UNEMAT – 2009. Especialista em Metodologia de Ensino da Língua Portuguesa e Estrangeira pela UNINTER – 2011. Professora de Língua Portuguesa da educação básica pela Secretaria Estadual de Educação – SEDUC – desde 2011. Atualmente cursa o Mestrado Profissional em Letras – PROFLETRAS – UNEMAT/Sinop.

Publicado
2018-03-27
Como Citar
RODRIGUES, Lenir Maria de Farias; NASCIMENTO, Karina Egias do. SEQUÊNCIA DIDÁTICA: UMA PROPOSTA PARA O ENSINO DE GRAMÁTICA E DE VARIAÇÕES LINGUÍSTICAS A PARTIR DO GÊNERO PARÓDIA. Web Revista SOCIODIALETO, [S.l.], v. 7, n. 21 SER. 1, p. 224 -245, mar. 2018. ISSN 2178-1486. Disponível em: <http://sociodialeto.com.br/index.php/sociodialeto/article/view/64>. Acesso em: 26 jan. 2021.