RELIGIÃO E CRENÇAS NO ATLAS GEOSSOCIOLINGUÍSTICO QUILOMBOLA DO NORDESTE DO PARÁ

  • Marcelo Pires Dias UFPA
  • Marilucia Barros de Oliveira UFPA

Resumo

ESte trabalho busca descrever e discutir a variação lexical a partir de dados do campo semântico religião e crenças que integra o Atlas Geossociolinguístico Quilombola do Nordeste do Pará (AGQUINPA). Esse atlas descreve e mapeia a variedade linguística do português afro-brasileiro falado nas comunidades remanescentes de quilombos da Mesorregião Nordeste do Pará. O campo semântico escolhido para análise é composto por questões que expressam a dimensão religiosa e as crenças dos informantes entrevistados na pesquisa. Neste estudo apresentaremos e discutiremos os resultados das seguintes cartas: L104 – diabo e L106 – feitiço. O AGQUINPA adotou como ponto de partida para a obtenção dos dados, os pressupostos da Geografia Linguística, método da Dialetologia que instrumentaliza o tratamento e a descrição de dados linguísticos no âmbito sócio-espacial, considerando as dimensões diatópica, diassexual e diageracional. Os resultados apontam diferentes graus de concorrência entre as variantes identificadas, bem como evidenciam a presença de uso de apelidos para referência a formas consideradas tabu.


ABSTRACT: this paper describe and discuss the lexical variation based on data from the semantic field religion and beliefs of the Quilombola Geo-sociolinguistic Atlas of Northeastern Pará. This atlas describes and maps the linguistic variety of Afro-Brazilian Portuguese spoken in the remaining quilombo communities in the Northeast Mesoregion of Pará. The semantic field chosen for analysis is composed of questions that express the religious dimension and the beliefs of the interviewed informants in research. In this study we will present and discuss the results of the following maps: L104 - devil and L106 - spell. The atlas adopted as a starting point for obtaining the data, the assumptions of Linguistic Geography, a method of Dialectology that instrumentalizes the treatment and description of linguistic data in the socio-spatial scope, considering the diatopic, diassexual and diagerational dimensions. The results indicate different degrees of competition between the identified variants, as well as showing the use of nicknames to refer to forms considered taboo.


KEYWORDS: Religion. Beliefs. Lexicon. Geolinguistics.

Publicado
2020-07-28
Como Citar
DIAS, Marcelo Pires; OLIVEIRA, Marilucia Barros de. RELIGIÃO E CRENÇAS NO ATLAS GEOSSOCIOLINGUÍSTICO QUILOMBOLA DO NORDESTE DO PARÁ. Web Revista SOCIODIALETO, [S.l.], v. 10, n. 30 SER.2, p. 132 - 148, jul. 2020. ISSN 2178-1486. Disponível em: <http://sociodialeto.com.br/index.php/sociodialeto/article/view/271>. Acesso em: 27 nov. 2020.