LEMATIZAÇÃO VERBAL EM LÍNGUA INDÍGENA BRASILEIRA: REFLEXÕES SOBRE FAZERES LEXICOGRÁFICOS

  • Carlos Eduardo Silva Ferreira UNESP
  • Cristina Martins Fargetti UNESP

Resumo

Este texto procura explicitar, de um ponto de vista teórico-prático, um debate relacionado ao cenário dos estudos das Ciências do léxico, com foco na Lexicografia. Situamos, também, este nosso texto, junto aos estudos em Línguas indígenas. Focalizamos aqui uma proposta sobre a lematização da categoria verbal na língua juruna (yudjá), uma língua indígena brasileira da família juruna, tronco tupi. A partir de certas decisões tomadas por dicionaristas, a respeito de outras línguas, procuramos trazê-las a fim de discutir as escolhas tomadas para as entradas de verbos na montagem do dicionário bilíngue Juruna-Português, projeto previsto como resultado a longo prazo dos trabalhos realizados com os juruna, no qual se dedicam alguns colaboradores, inclusive indígenas da comunidade. Fazemos, assim, por meio deste ponto de partida, movimentos analíticos que discutem questões sobre tipologizações linguísticas de línguas que fogem de um rol comum da cultura ocidental, assim como também traçamos debates sobre questões de ordem teórico-metodológica ligadas à sistematização do fazer lexicográfico. Tendo em vista a dificuldade encontrada em lematizar uma classe gramatical em línguas com afixos que se distinguem do que pode ser encontrado nas línguas europeias, amplamente já dicionarizadas, este texto pode contribuir para o fazer lexicográfico de línguas minoritárias e mesmo minorizadas.


ABSTRACT: This text seeks to explain, from a theoretical-practical point of view, a debate related to the lexical science studies scenario, focusing on Lexicography. We also place this text, together with studies in indigenous languages. We focus here a proposal on the lemmatization of the verbal category in the Juruna language (yudjá), a Brazilian indigenous language of the Juruna branch, Tupian family. Based on certain decisions made by dictionaries in relation to other languages, we try to bring them in order to discuss the choices made for the entries of verbs in the assembly of the bilingual Juruna-Portuguese dictionary, a predicted project as a long-term result of the work done with the Juruna, in which some collaborators, including indigenous people of the community, are dedicated. Thus, through this starting point, we make analytical movements that discuss questions about the linguistic typologies of languages ​​that escape a common role of Western culture, as well as discuss debates about theoretical and methodological questions related to the systematization of lexicographic making. In view of the difficulties encountered in lemmatizing a grammatical class in languages ​​with affixes that differ from what can be found in European languages, widely used in dictionaries, this text can contribute to the lexicographical rendering of minority and even minorized languages.


KEYWORDS: lemmatization; verbs; indigenous language; Juruna

Biografia do Autor

##submission.authorWithAffiliation##

Doutor em Linguística (2019) pela UNESP, Faculdade de Ciências e Letras, Araraquara.

##submission.authorWithAffiliation##

Livre Docente em Línguas Indígenas (2015). Líder do grupo LINBRA pelo CNPq. Docente da UNESP, em RDIDP, no Departamento de Linguística, Faculdade de Ciências e Letras, Araraquara.

Publicado
2019-09-17
Como Citar
FERREIRA, Carlos Eduardo Silva; FARGETTI, Cristina Martins. LEMATIZAÇÃO VERBAL EM LÍNGUA INDÍGENA BRASILEIRA: REFLEXÕES SOBRE FAZERES LEXICOGRÁFICOS. Web Revista SOCIODIALETO, [S.l.], v. 9, n. 27, p. 147 - 181, set. 2019. ISSN 2178-1486. Disponível em: <http://sociodialeto.com.br/index.php/sociodialeto/article/view/204>. Acesso em: 22 nov. 2019.