USOS LINGUÍSTICOS E A DOCÊNCIA INDÍGENA: ALGUMAS REFLEXÕES

Resumo

Este trabalho tem como intuito a reflexão e observação de práticas pedagógicas de estagiários indígenas da etnia Karajá e Tapirapé – alunos da Licenciatura Intercultural de Formação Superior de Professores Indígenas da Universidade Federal de Goiás. As práticas pedagógicas em questão ocorreram durante atividades de estágio pedagógico no decorrer do ano de 2010 e buscam a implementação de um tipo de educação intercultural bilíngue e transdisciplinar nas escolas indígenas das comunidades dos estagiários, que proporcione autonomia aos professores indígenas, além de promover dentro das comunidades indígenas a revalorização de suas línguas e culturas tradicionais. Os usos linguísticos nas práticas pedagógicas dos referidos estagiários indígenas são impulsionados pelos conhecimentos tratados e trabalhados no contexto escolar, e permitem o questionamento diante do paradigma de educação voltada apenas aos conhecimentos ditos universais em detrimento dos conhecimentos tradicionais indígenas, em especial neste trabalho, dos conhecimentos Karajá e Tapirapé.


ABSTRACT: This work aims the reflection and observation of teaching practices of indigenous trainees Karajá and Tapirapé - college students majoring in Licenciatura Intercultural de Formação Superior de Professores Indígenas at the Federal University of Goiás. The pedagogical practices in question occurred during activities of teaching practice during the year of 2010 and seek the implementation in schools of indigenous communities a type of intercultural bilingual education and transdisciplinary providing autonomy to indigenous teachers, and within the indigenous communities to promote the upgrading of their languages and traditional cultures. The use of language teaching practices of these trainees are driven by indigenous knowledge processed and worked in the school context, and permit the questioning before the paradigm of education directed only to the so-called universal knowledge at the expense of traditional indigenous knowledge, especially in this work, knowledge Karaja and Tapirapé.


KEYWORDS: Use of Language. Interculturality. Transdisciplinarity. Karajá.

Biografia do Autor

##submission.authorWithAffiliation##

Professora de Linguística e Língua Portuguesa da Universidade Federal do Mato Grosso do Sul.

##submission.authorWithAffiliation##

Professor de Linguística da Universidade Federal do Mato Grosso do Sul

Publicado
2019-09-24
Como Citar
OLIVEIRA, Caroline Pereira; FERREIRA, Rogério Vicente. USOS LINGUÍSTICOS E A DOCÊNCIA INDÍGENA: ALGUMAS REFLEXÕES. Web Revista SOCIODIALETO, [S.l.], v. 9, n. 27, p. 424 - 447, set. 2019. ISSN 2178-1486. Disponível em: <http://sociodialeto.com.br/index.php/sociodialeto/article/view/190>. Acesso em: 15 nov. 2019.