ESTUDO DESCRITIVO SOBRE O APAGAMENTO DO /D/ NO MORFEMA DE GERÚNDIO NOS VERBOS DO PORTUGUÊS FALADO EM CACHOEIRINHA-PE

  • Lidiane da Silva Almeida Macedo Universidade de Pernambuco

Resumo

RESUMO: A presente pesquisa teve como finalidade realizar um estudo descritivo sobre o apagamento do /d/ no morfema de gerúndio no vernáculo cachoeirinhense, sob a ótica da Sociolinguística Variacionista (LABOV,2008[1972]) que entende que a língua não pode ser concebida ou estudada a partir do indivíduo, mas somente a partir de sua face social. Dessa forma, investigamos esse fenômeno linguístico a partir de um mapeamento da cidade de Cachoeirinha-PE, na qual constituímos um corpus com 36 entrevistas, compostas de 36 informantes, analisando na fala desses, a influência dos fatores linguísticos: Contexto anterior ao morfema /ndo/ (vogais antecedentes a, e, i); e extensão do vocábulo (Verbos dissílabos, trissílabos e polissílabos), e fatores extralinguísticos: Sexo (homem e Mulher); faixa etária (15 a 30 anos, 31 a 45 anos e 46 a 61 anos) e escolaridade (Nível Médio e Superior). Após a coleta de dados, as entrevistas foram transcritas ortograficamente, e posteriormente codificadas para a obtenção de um resultado percentual que foi obtido através do programa GoldvarbX (2005), software computacional de análise estatística e probabilística, muito utilizado na área da sociolinguística quantitativa para medir os percentuais e pesos relativos da ocorrência dos fenômenos variáveis. A partir dessa análise, descrevemos o fenômeno do apagamento do /d/ no falar cachoeirinhense, verificamos que nessa comunidade de fala há a predominância do apagamento do /d/ constituindo a forma /no/ ao invés de /ndo/, acreditamos que a realização desse fenômeno é principalmente favorecida pelo nível escolar dos informantes, pois esse fator foi o único considerado significativo, constatamos que os informantes de nível médio realizam mais o apagamento. Enquanto as outras variáveis, pudemos constatar que as mulheres, a faixa etária de (15 a 30 anos), o contexto antecedente /e/), e os verbos polissílabos influenciam na realização do apagamento do /d/. Dessa forma essa pesquisa de cunho descritivo buscou observar através desse fenômeno linguístico a marcação da forma padrão e não padrão na fala de cachoeirinhenses, e contribuir para os estudos linguísticos e as possíveis variações nessa comunidade de fala.

Publicado
2019-04-09
Como Citar
MACEDO, Lidiane da Silva Almeida. ESTUDO DESCRITIVO SOBRE O APAGAMENTO DO /D/ NO MORFEMA DE GERÚNDIO NOS VERBOS DO PORTUGUÊS FALADO EM CACHOEIRINHA-PE. Web Revista SOCIODIALETO, [S.l.], v. 9, n. 26, p. 235 - 264, abr. 2019. ISSN 2178-1486. Disponível em: <http://sociodialeto.com.br/index.php/sociodialeto/article/view/151>. Acesso em: 14 abr. 2021.